O Projeto de Irrigação | 10 Observações

1. Custo/benefício irrigação
Análise preliminar mostra se uma cultura produzida numa determinada região com a implantação de um sistema de irrigação apresentará um retorno financeiro suficientemente grande para justificar o investimento.

2. Clima e a demanda hídrica
Evapotranspiração de uma cultura durante todas as fases de desenvolvimento determina a demanda d’ água por período por hectare;

3. Quantidade de água disponível
A quantidade de água disponível para irrigação deve suprir a demanda;

4. Qualidade da água disponível
Análise d’água da fonte a ser captada pode dar respostas sobre a presença de elementos que podem afetar ou até inviabilizar um projeto de irrigação;

5. Outorga de uso de água
A outorga de uma captação depende da cota solicitada e das outras outorgas já deferidas na mesma fonte de água;

6. Topografia
Terrenos íngremes com solos impermeáveis podem apresentar problemas de erosão quando a lâmina d’água aplicada por tempo excede a velocidade de infiltração do solo;

7. Propriedades físicas do solo
Propriedades de retenção, velocidade de infiltração e transporte lateral d’água são algumas características do solo que determinam tipo e dimensionamento do sistema de irrigação;

8. Energia
A infra-estrutura energética pode ser um fator limitante ou até proibitiva em termos técnicos e/ou financeiros;

9. Dia útil e dias úteis
O período do dia e os dias da semana em que o sistema de irrigação pode ser operado, influi na configuração do sistema, mesmo quando automatizado;

10. Mão de obra
Sistemas de aspersão móvel e semi-fixo dependem de mão de obra disponível para o deslocamento dos equipamentos para as próximas posições.

Entre em contato e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X